terça-feira, 30 de agosto de 2016

Dicas para Poupar no Dia a Dia

Dicas para poupar em casa são sempre bem-vindas. Todos os dias repetimos gestos que obrigam a consumos de energia, que se traduzem nas faturas mensais. Gastos com a eletricidade,água gás são as principais preocupações, especialmente em tempos de crise.


Como Poupar no Dia-a-Dia?

Apesar de tudo, saiba que é possível reduzir em muito esses custos e poupar dinheiro, através de algumas dicas para poupar em casa. Para o ajudar a minimizar os gastos com as finanças domésticas, o Economias dá-lhe uma série de dicas para poupar em casa.

Dicas para Poupar em Casa

  • Faça um registo de todas as suas despesas e guarde os respetivos talões. Dessa forma, será mais fácil manter as contas controladas e equilibradas;
  • Evite tomar o pequeno-almoço e outras refeições fora de casa;
  • Reaproveite a comida que tem a mais, através de quiches, saladas e pizzas;
  • Esteja atento às promoções, cupões e talões promovidos pelos hipermercados;
  • Quando for fazer compras para a casa, leve uma lista detalhada e limite-se a comprar aquilo que anotou;
  • Nos dias mais quentes, aposte numa ventoinha de teto ou de pé, em detrimento do ar condicionado;
  • Crie o hábito de apagar a luz, sempre que sai de uma divisão;
  • Durante o verão, mantenha os estores e cortinados corridos para evitar a entrada de calor. No inverno, faça o contrário, para que o sol aqueça a casa;
  • Ao trocar as lâmpadas convencionais pelas de baixo consumo ou pelas fluorescentes, estará a reduzir em muito o consumo de eletricidade;
  • Prefira os duches rápidos aos banhos de imersão;
  • Verifique se as torneiras não estão a pingar. Ao fim de dias, torna-se num gasto maior do que parece;
  • Evite candeeiros demasiado opacos, que obrigam a recorrer a lâmpadas mais potentes;
  • Diminua a pressão das torneiras, através de redutores de fluxo, como forma de minimizar o consumo de água;
  • Ao instalar sensores de movimento em locais de passagem, estará a assegurar que será gasta apenas a energia necessária;
  • Ao desligar os aparelhos elétricos, certifique-se que não os deixa em stand-by(luz vermelha acesa), para não continuarem a consumir energia;
  • Sempre que puder, opte pela água fria nas tarefas domésticas;
  • Opte por eletrodomésticos com maior eficiência energética. Apesar de mais dispendiosos, acabam por compensar;
  • Tenha cuidado com o número de vezes que abre e fecha a porta do frigorífico, que é um dos eletrodomésticos com o maior consumo energético;
  • Certifique-se que o termóstato do frigorífico não está abaixo dos 3ºC, já que as temperaturas mais baixas irão provocar uma maior produção de energia;
  • Após concluído o carregamento da bateria do telemóvel, retire da tomada o carregador;
  • Se as portas e janelas não estiverem devidamente isoladas, recorra a almofadas compridas para o efeito, uma vez que 30% do calor e do frio entra e sai pelas portas e janelas, obrigando, por isso, a um maior gasto de energia quando precisar de refrescar ou aquecer a casa;
  • Ao cozinhar, certifique-se de que o tamanho da panela se adequa ao do disco do fogão. Assim, estará a evitar desperdícios de energia;
  • Feche sempre a torneira da água enquanto lava os dentes. Esse pequeno gesto, ao final do mês, acabará por aliviar a fatura;
  • Coloque as máquinas de lavar loiça e roupa a funcionar, apenas quando tiverem atingido a capacidade máxima;
  • Ao aderir à tarifa bi-horária, programando os aparelhos para trabalharem no período da noite, estará a contribuir para uma redução na fatura da eletricidade;
  • Ao utilizar o forno, evite abrir a porta demasiadas vezes. Será necessário um consumo extra de energia, para recuperar os cerca de 25% de calor perdidos.


Siga a página do Trinta por Linha no Facebook e subscreva AQUI a nossa newsletter e receba diariamente as melhores dica para tudo e mais alguma coisa!
Fonte: economias

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...